Burnout vira doença do trabalho em 2022

A Organização Mundial de Saúde a partir de janeiro passará a reconhecer a Síndrome de Burnout como doença ocupacional que se caracteriza como “estresse crônico de trabalho que não foi administrado com sucesso”.  

Desta forma, os trabalhadores acometidos pela doença ganham um argumento a mais em pedidos de afastamento pelo INSS ou de reparação pela empresa na Justiça do Trabalho. Além da ausência destes profissionais em sua equipe, muitos deles podem optar pelo desligamento da empresa e impactar negativamente a rotatividade de pessoas em sua organização.   

A síndrome de burnout é o resultado do estresse crônico no ambiente de trabalho que não foi gerenciado com sucesso e segundo especialistas, a doença psíquica está associada à exaustão que acontece de forma prolongada.  

Para nós do Férias & Co. colaborar diretamente na melhoria da qualidade de vida e saúde mental de milhares de colaboradores que fazem parte das melhores empresas do mercado, faz parte da nossa missão.  

Sabemos o quanto a rotina de trabalho é desgastante para muitos e poder proporcionar momentos inesquecíveis de descanso e lazer para estes colaboradores é o que nos motiva dia a dia. 

Se a sua empresa ainda não conhece o nosso benefício de viagens, este é o momento certo para saber mais sobre nós.

Facebook
Twitter
LinkedIn